29 dezembro 2008

Os dislates do senhor Antunes


Discordo completamente. Os livros estão estupidamente baratos. Basta entrar numa livraria para ver. A quantidade de lixo é tal que se torna criminoso ver como o lixo sai tão barato. Aquilo devia ser muito mais caro. Não me refiro só ao lixo textual, mas também ao visual: a maior parte das capas são de tal forma ofensivas que criam lesões oculares.

Por isso não concordo nada com o vaidoso senhor fumador: embora me pareça um exagero o que a editora do senhor cobra por cada livro seu. Os livros de Lobo Antunes sim, são "indecentemente caros". Eu não compro nenhum por essa razão. E também porque não me interessam os exercícios retóricos de quem faz de conta que faz de conta: para retórica dessa chega-me a dos Sócrates deste país. De resto, um senhor que afirma ser da classe média-baixa não o sendo, como todos sabemos, só pode estar a gozar. A querer fazer pouco de todos os que são da classe média-baixa.

Lobo Antunes poderá ser muita coisa, mas isso que diz ser não é. Percebe-se, ele é um génio e os génios só dizem disparates. Disparates pagos a peso de ouro, como é próprio da classe média-baixa.

2 comentários:

candida disse...

não estarás com um bocadinho de inveja?

pisca de gente disse...

Tou, tou. O Antunes é um must. E o meu ídolo. Queria ser como ele, sem tirar nem pôr. As boutades que ciclicamente defeca para consumo interno são torrões de açúcar no azedo chá de tília que é o best seller. E eu só compro livros que vendam pelo menos 10 mil exemplares, caso contrário para quê ler?. O resto, bah, é nada.