28 dezembro 2009

Ludwik Zamenhof (1859-1917), criador do esperanto


O esperanto era supostamente uma língua de muito fácil aprendizagem, que serviria de língua franca internacional para toda a população mundial. Mas, apesar dos ideais de Zamenhof o esperanto nunca foi essa língua. O inglês, sim. Porque a língua depende mais da cultura e da economia do que da boa vontade dos homens.
Bem, este mês celebraram-se os 150 anos da criação do esperanto. E nós juntamo-nos às comemorações com este pequeno post.

2 comentários:

Pietro von Herts disse...

Prezado Matheus.

Vejo que seu desconhecimento sobre o idioma esperanto é enorme.
O esperanto tem cultura sim, e uma cultura internacional, o esperanto é um idioma reconhecido pela UNESCO (por 2 vezes). Existe uma vasta produção literária nesse idioma, podemos até citar o Wikipédia.
Espero que possa conhecer realmente o valor de um idioma transnacional como é o esperanto.
Atenciosamente:

Pietro von Herts Júnior
Pouso Alegre - MG - Brasil

Cláudio Araújo disse...

Prezado Matheus,
Permita-me apontar algumas passagens passíveis de correções em seu Post:

01) "O esperanto era supostamente uma língua de muito fácil aprendizagem".

Na VERDADE O ESPERANTO É UMA LÍNGUA DE FÁCIL APRENDIZAGEM, GRAÇAS À SUA ESTRUTURA GRAMATICAL REGULAR E LÓGICA.

02) "que serviria de língua franca internacional para toda a população mundial. Mas, apesar dos ideais de Zamenhof o esperanto nunca foi essa língua."

NA VERDADE O ESPERANTO É UM IDIOMA VIVO, QUE CUMPRE COM EXCELÊNCIA O PAPEL DE IDIOMA INTERNACIONAL DE COMUNICAÇÃO. USADO POR MILHARES DE PESSOAS EM TODO O MUNDO. SE AS ENTIDADES GOVERNAMENTAIS E POLÍTICAS AINDA NÃO O ADOTARAM EM SUAS COMUNICAÇÕES INTERNACIONAIS, SE DEVE À INTERESSES "POLÍTICOS" E "ECONÔMICOS", COMO VOCÊ MESMO CITA. MAS A PERGUNTA QUE TODOS DEVEM SE FAZER É: "O SISTEMA LINGUÍSTICO ATUAL É O MELHOR PARA A HUMANIDADE, OU ATENDE A INTERESSES PARTICULARES/POLÍTICOS DESTA OU DAQUELA NAÇÃO?"

03) Bem, este mês celebraram-se os 150 anos da criação do esperanto.

NA VERDADE, ESTE MÊS CELEBRA-SE OS 150 ANOS DO NASCIMENTO DO CRIADOR DO ESPERANTO.

Caro colega, há muita informação sobre o Esperanto na Internet. Mas aconselho a leitura de um livro em particular (vc até pode encontrar ele em PDF na internet: "O desafio das línguas: da má gestão ao bom senso" de autoria de Claude Piron. É um ótimo ponto de partida.

atenciosamente,

Cláudio Araújo